Sobre a tembici

Viajar de bike: Conheça 5 destinos para suas próximas aventuras

Atualizado em 05 abr. 2022 Dicas Por: Redação Bike Itaú Leitura: 6 min.

Viajar de bike proporciona momentos únicos de conexão com a natureza em pontos turísticos que podem ser explorados em grupo ou individualmente. Nesse tipo de viagem, o planejamento é essencial para evitar imprevistos e se preparar caso eles ainda aconteçam.

Pensando nisso, separamos dicas de planejamento e cinco destinos para viajar de bicicleta em diferentes regiões do Brasil. Continue a leitura e fique pronto para se aventurar nas suas próximas férias!

Como se preparar para as viagens?

Antes de começar a viagem de bicicleta, é indispensável fazer uma revisão nas peças. O que o ciclista menos deseja é ter algum incidente com um componente importante enquanto pedala em uma trilha. Apesar de exigir apenas reparos mínimos, o tempo despendido pode atrapalhar a programação.

Para controlar essas situações, é necessário entender o básico de mecânica e levar peças reservas para efetuar possíveis trocas. Alguns itens essenciais são as ferramentas básicas para reparos em bicicleta, óleo e câmara extra.

Falando em trocas, lembre-se de utilizar um alforje que comporte suas ferramentas, suas roupas e seus itens de higiene. Nesse caso, independentemente do tamanho, não é recomendado sobrecarregá-lo, visto que pode pesar e dificultar o trajeto.

Outro ponto que não pode ficar de lado no bike turismo é a pesquisa sobre a rota escolhida. Saiba qual é o trajeto, a distância, o tempo da viagem, a sinalização do local e tente não fazer tantos planos fixos. Afinal, tudo pode mudar durante o caminho e não há nada melhor que ter flexibilidade na viagem.

Destinos para viajar de bike

Além das dicas para viajar de bike, separamos indicações de rotas que podem ser feitas no Brasil. Cada região possui trajetos específicos e conhecidos pelos ciclistas que possuem níveis de dificuldade diferentes no percurso. Isso porque alguns são mais extensos e passam por terrenos irregulares.

Portanto, siga as recomendações de locais abaixo e faça uma pesquisa densa sobre cada destino de interesse. Assim, não restam dúvidas sobre o percurso, e você tem tudo que é essencial para a viagem.

Circuito das Frutas

O Circuito das Frutas é ideal para uma viagem de bike de curta duração e até em família. A rota foi lançada pelo Governo do Estado de São Paulo, no começo de 2022, e conta com 75 km de extensão, passando por Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo.

Como o nome já faz referência, ele é voltado para a visita de cidades com intensa produção frutífera e incentiva o turismo no interior do estado. O caminho (que pode ser percorrido em dois dias) possui sinalização, monitoramento com câmeras e estacionamento para bicicletas e carros.

Chapada dos Veadeiros

A rota está localizada no nordeste de Goiás, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Colinas do Sul. Esse trajeto fica a  230 km de Brasília e a cerca de 400 km de Goiânia. Entre cada local, há cerca de 30 km, dependendo dos pontos visitados.

Alguns deles são: o Mirante da Janela, o Vale da Lua (rochas irregulares esculpidas pela água do Rio São Miguel que lembram a superfície lunar); e as cachoeiras dos Cristais e Loquinhas, Almécegas I e São Bento (localizadas em Alto Paraíso). Cada percurso varia entre estradas de terra íngreme e planas.

Mulher andando de bicicleta.

Caminho da Fé

Localizada entre São Paulo e Minas Gerais, essa rota se estende por mais de 2000 km, com predomínio de estradas vicinais, bosques, trilhas e asfalto. Ela foi inspirada no Caminho de Santiago de Compostela e idealizada para a peregrinação até o Santuário Nacional de Aparecida do Norte.

Com sinalização de setas amarelas pelo trajeto, o ciclista pode relaxar enquanto aproveita as paisagens naturais. Entretanto, é recomendado pedalar apenas durante o dia, evitando o período noturno, em que há riscos de acidentes.

Serra da Canastra

Se estiver pensando em viajar de bike para o sudoeste de Minas Gerais, a dica é percorrer as rotas do Parque Nacional da Serra da Canastra. O local é repleto de serras, cachoeiras e trilhas ótimas para mountain bike. Por isso, nesse trajeto, é indicado se atentar às especificidades da sua bicicleta.

Os pontos turísticos mais visitados deste percurso são: a nascente do Rio São Francisco, a cachoeira Casca D’Anta (principal atração com presença de poços e cinco quedas d’água) e a dos Rolinhos (a maior da região); e o poço das orquídeas (com 560 hectares da flor).

Vale dos Vinhedos

O Vale dos Vinhedos é a indicação de viagem de bike na Serra Gaúcha. Ele fica localizado entre Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi, levando esse nome devido à presença de diversas vinícolas na região. Então, uma das atrações turísticas é o vinho que pode ser degustado nos restaurantes locais.

Em alguns pontos do vale, as bicicletas dividem espaço com os carros nas estradas. Em outros, a presença das bikes é predominante em um caminho plano de chão batido. No geral, os pontos mais visitados são a Estrada do Sabor e os Caminhos de Pedra, uma região rural com prédios históricos e traços da cultura italiana.

Viagens casuais

Para aqueles que querem saber como viajar de bike, mas de modo mais rápido, que tal uma ida à praia ou a cidades vizinhas? Basta seguir as mesmas dicas de preparação da bicicleta, levá-la em outro meio de transporte e apenas utilizá-la ao chegar no local.

Em várias cidades, há a possibilidade de alugar bicicletas compartilhadas. Sem preocupação com manutenção e transporte, elas podem ser utilizadas pelo desbloqueio em aplicativo e retiradas em estações próprias.

Bicicletas compartilhadas

Com Bike Itaú, basta fazer o cadastro e selecionar um plano para começar a pedalar. Simples e rápido, o sistema permite acompanhar as viagens em tempo real, com um mapa próprio da região, e facilita a locomoção nas cidades (São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Porto Alegre, Salvador).

A economia está relacionada ao tempo e ao dinheiro. Agora, não é mais necessário utilizar apenas um meio de transporte, ficar parado nos congestionamentos ou se atrasar aguardando corridas de aplicativo. Conte com as laranjinhas e saia na frente.

Fique por dentro do mundo das bicicletas

Gostou das dicas para viajar de bike e aproveitar destinos em diversas regiões? Aqui em nosso blog, você encontra conteúdos semelhantes e fica preparado para pedalar em diversas situações do dia a dia. Aproveite a visita para ler mais artigos e ficar por dentro da Bike Itaú.