Sobre a tembici

Tipos de aro de bicicleta: entenda sobre cada modelo

Atualizado em 28 abr. 2022 Pedalar Por: Redação Bike Itaú Leitura: 5 min.

Para quem gosta de pedalar, conhecer os componentes e os tipos de aro de bicicleta pode fazer a diferença. Cada item tem uma função e um efeito no desempenho do pedal. Por isso, eles podem ser escolhidos de acordo com os modelos da bike e o gosto do ciclista.

Geralmente, muitas pessoas adquirem a bicicleta sem compreender o funcionamento das peças. Porém, aos poucos, elas deixam de ser iniciantes e passam a buscar mais conhecimento até para trocar alguns componentes ou adquirir um novo modelo. Nesse momento, os aros também podem influenciar a escolha.

O que é o aro da bicicleta?

O aro de bicicleta é a parte onde se colocam os pneus e as câmaras de ar. Os três juntos formam as rodas da bicicleta. Ele auxilia na tração, garante o posicionamento dos pneus e ajuda no suporte do peso do corpo do ciclista em cima da bike.

O tamanho desse componente é definido pela circunferência interna da roda. Por isso, essa característica muda em cada um dos tipos de aro de bicicleta, definindo o desempenho e a distância entre o ciclista até o solo.

Como os modelos de bike possuem finalidades distintas, alguns aros favorecem a autonomia, a segurança e as pedaladas. Por exemplo, o tamanho de uma bicicleta infantil varia conforme a altura da criança. Quando têm estatura mediana, elas podem utilizar o aro 20 e pedalar sem problemas.

Esse mesmo tamanho é escolhido por adultos que pedalam uma BMX. Nesse caso, a bike é utilizada para manobras em freestyle e o movimento fica mais fácil. Entretanto, para pedalar, o desempenho e a velocidade são menores.

Do que o aro é feito?

Os tipos de aro de bicicleta também variam no material. O mais utilizado é o aço, devido ao baixo custo de produção. Ele é resistente e ótimo para passeios urbanos. Apesar dessas vantagens, é preciso ter cuidado para evitar ferrugem e, por ele ser mais pesado, é mais difícil atingir altas velocidades.

Outro material comum é o alumínio. Ele também é relativamente mais barato que os demais e deixa as bikes mais leves. Com isso, o ciclista pode pedalar rapidamente com facilidade. Comparado ao anterior, ele é mais resistente e não enferruja. Em contrapartida, ele precisa de mais manutenções para ser alinhado.

Indo para o material mais moderno, temos a fibra de carbono, muito utilizada por ciclistas profissionais. A principal diferença é o valor mais alto, que se justifica pelas vantagens de maior estabilidade, resistência e segurança.

As pedaladas são mais rápidas e podem ser feitas até em terrenos com desníveis, como trilhas e competições de mountain bike. Em todas as ocasiões, o ciclista deve utilizar sapatilhas específicas para frear sem danificar o aro. Caso haja dano por batidas fortes, não há reparo e a peça deve ser substituída.

Quais são os aros mais utilizados?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre essa peça, vamos apresentar os tipos de aro de bicicleta mais comuns. Com essa explicação, fica mais fácil descobrir qual é o da sua bike e escolher na sua próxima compra.

Aro 29

A bike de aro 29 se tornou uma das mais recomendadas por oferecer muitas vantagens. Esse aro tem uma área de contato maior no chão, trazendo mais estabilidade, facilidade para ultrapassar buracos e velocidade. Por isso, as bikes com essa característica são muito utilizadas para trilhas e cicloturismo.

O tamanho maior tem algumas desvantagens, como o arranque mais lento e o nível de dificuldade para fazer curvas fechadas. Quanto maior for o aro, mais difícil será para fazer manobras também.

Aro 27,5

Esse é um meio-termo entre os dois tipos de aro de bicicleta mais comuns. Com ele, o ciclista tem um pouco das vantagens do 26 e do 29, incluindo maior estabilidade, maior área de contato com o solo e mais facilidade para curvas.

Uma desvantagem, em comparação com o de 29, é o menor desempenho em descidas. Mesmo assim, ainda é uma boa pedida para enduro, downhill e trilha.

Aro de bicicleta.

Aro 26

Apesar da popularidade que o aro 29 vem ganhando, a bicicleta de aro 26 ainda é a mais utilizada. Isso se deve ao custo mais acessível nos modelos urbano ou MTB, à versatilidade de uso em diferentes alturas e pesos corporais, e à leveza da bike.

Entre as vantagens de ter uma bike com esse aro, estão a agilidade, a resistência, as arrancadas mais rápidas e a facilidade de encontrar peças complementares. Por outro lado, como elas têm um ângulo de ataque maior, ultrapassar obstáculos pode ser mais difícil que com aros maiores.

Aro 24

O aro 24 é ideal para uma pedalada segura, dinâmica e confortável. Ele pode ser utilizado em modelos para adultos e para crianças. As bikes com esse tamanho possuem diferentes marchas que garantem conforto em diferentes tipos de terreno, seja plano, seja irregular, com subidas ou descidas.

O melhor é que ele também pode ser encontrado com facilidade em bike shops e nas bicicletas de sistemas de compartilhamento. Para utilizá-lo, assim como os demais, basta verificar se está confortável para sua altura e se atende à finalidade esperada.

bike Itaú

Quer experimentar o pedal com uma bike de aro 24? Então, conte com a bike Itaú. Basta fazer o cadastro no aplicativo e escolher um plano (mensal, diário, anual ou demais disponíveis em cada cidade).

Com as bicicletas compartilhadas, você tem mais praticidade, não precisa se preocupar com manutenções e pode pedalar para ter mais dinamismo no seu dia a dia.

Saiba mais sobre as bicicletas

Agora que você já sabe quais são os tipos de aro de bicicleta, que tal continuar acompanhando mais conteúdos semelhantes? Aqui em nosso blog, você fica por dentro de tudo sobre as bicis e conhece mais vantagens de bike Itaú.