Sobre a tembici

Como regular câmbio de bicicleta? Saiba uma forma adequada

Atualizado em 19 maio. 2022 Dicas Por: Redação Bike Itaú Leitura: 5 min.

Para ter uma pedalada confortável e segura, é necessário que todos os componentes estejam funcionando adequadamente. Ainda assim, nem todo ciclista sabe como regular câmbio de bicicleta, mesmo que seja uma das tarefas mais importantes de manutenção. Se esse for o seu caso, você não precisa se preocupar!

A regulagem exige apenas uma ferramenta para deixar a bicicleta em ótimas condições para voltar às ruas. Então, siga nossas dicas para descomplicar a manutenção dos câmbios.

O que é câmbio?

O câmbio dianteiro e o traseiro são dois componentes do sistema de troca de marchas. Eles são responsáveis pelo movimento da corrente nas engrenagens e coroas. Por isso, a troca das marchas é mais suave e rápida quando eles estão ajustados da forma correta.

Os dois passadores de marcha ficam no guidão da bicicleta. Geralmente, o lado esquerdo serve para a movimentação do câmbio dianteiro, onde ficam as marchas das coroas. No direito, é o contrário, indicando a regulagem do câmbio traseiro. A combinação das marchas depende da finalidade do pedal.

Todo câmbio de bike tem dois parafusos de regulagem com as letras H (high) e L (low). Eles permitem a passagem da corrente para dentro ou para fora da engrenagem. O H representa as marchas pesadas e limita quão afastado o câmbio estará em relação à roda. O L é para as marchas leves e limita a proximidade das duas peças.

Quando é necessário regular o câmbio?

Antes de perguntar como regular câmbio de bicicleta, é importante saber quais são os indícios de que ele precisa de ajuste. Em alguns momentos, a corrente pode ficar frouxa e se soltar aos poucos. Isso também é um sinal de que o câmbio não está bem ajustado para segurá-la nas trocas de marcha. Nesse caso, o sistema de transmissão e a lubrificação também influenciam a performance da bicicleta.

Além da corrente, a transmissão é composta pela coroa, pela catraca e pelo câmbio traseiro da bike. Ela precisa estar limpa, sem resíduos e fuligem, para não se desgastar com facilidade. Quando está em más condições e sem lubrificação, ela pode atrapalhar o pedal.

Como a corrente faz um barulho característico nas engrenagens é mais fácil saber quando ela precisa ser ajustada no câmbio. Então, se escutar ela arranhando enquanto pedala, isso é sinal de que não está encaixada corretamente. Esse será o momento ideal para fazer as manutenções necessárias.

Homem andando de bicicleta.

Como regular câmbio de bicicleta?

Chegou a hora de aprender como regular cambio de bicicleta! Para isso, você precisa de uma chave Phillips e da bicicleta de cabeça para baixo ou em um suporte. A regulagem ocorre nessa posição para que as rodas não girem. Primeiro, regule um câmbio, teste se os ajustes estão corretos e passe para o próximo.

Câmbio dianteiro

Coloque na marcha mais leve (coroa menor e pinhão maior). Estando na primeira marcha, faça o teste de movimentar o pedivela e ver se a corrente se movimenta sem travar ou sem se soltar. Se estiver frouxa, aperte o parafuso L. Já se não estiver trocando de marcha, solte o parafuso H.

Tente passar a marcha novamente e, se ainda tiver os mesmos problemas, é necessário tensionar o cabo apertando ou soltando o parafuso que fica próximo a troca de marchas. Repita o processo de tensionar e apertar ou soltar os parafusos até a corrente ficar estável.

Câmbio traseiro

O mesmo deve ser feito com o câmbio traseiro. Vale lembrar que, nessa parte, a corrente não pode se soltar para não entrar na roda. Então, os testes de marcha são feitos para saber quanto cada parafuso deve ser girado e como cabo deve estar tensionado.

Ajustes mais finos podem ser feitos sem ferramenta e diretamente na válvula dos cabos de câmbio no guidão. Se a corrente cair ou soltar, é preciso aumentar a tensão do cabo girando a válvula de pressão encontrada no passador da marcha. Aperte e gire o pedivela novamente até ela girar corretamente.

Por que é importante regular o câmbio?

A regulagem é importante para a passagem de marchas ser leve. Se os câmbios não estão ajustados, o esforço do ciclista pode dobrar, então ele se cansa com mais facilidade. Por isso, também é preciso saber como regular marcha de bicicleta.

Os reparos no câmbio são essenciais para a segurança do ciclista. Subidas e descidas requerem marchas diferentes, então elas precisam estar funcionando para manter a cadência e o ciclista não cair.

Outro ponto é a integridade das peças. Se o ajuste da abraçadeira do câmbio dianteiro for apertado demais, o quadro pode ser amassado e danificado. Se ficar solto demais, a peça encosta na coroa e a entorta.

Ajuda especializada

Se você não se sente seguro para fazer sozinho, mesmo sabendo como regular cambio de bicicleta, procure ajuda. Essa manutenção é feita por especialistas em bicicletarias.

Na revisão, outros componentes da bike são analisados, como cabos, parafusos, pneus, pedivela, etc. Todos os ajustes necessários devem ser feitos para garantir segurança e maior autonomia durante as pedaladas.

Confira outras dicas de manutenção!

Gostou de saber como regular cambio de bicicleta? Agora, você aprendeu a fazer os ajustes da forma correta quando escutar o barulho da corrente. Quer continuar aprendendo como cuidar da sua bike? Então, leia nossos conteúdos aqui no blog de Bike Itaú!