Sobre a tembici

Bicicletas compartilhadas: veja a evolução e as vantagens para mobilidade

Atualizado em 05 abr. 2022 Curiosidades Por: Redação Bike Itaú Leitura: 4 min.

As bicicletas compartilhadas são um meio de transporte sustentável, econômico e acessível que trazem diversos benefícios, desde ajudar o meio ambiente até contribuir para o seu bem-estar, enquanto você se desloca para seu destino.

Assim, fica muito mais agradável pedalar, não é mesmo? Para você entender melhor a evolução e os benefícios das bicicletas compartilhadas para a mobilidade urbana, desenvolvemos um conteúdo exclusivo sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

As primeiras bicicletas compartilhadas do mundo

O primeiro sistema de bikes compartilhadas surgiu em 1965, em Amsterdã, na Holanda. Neste primeiro programa, as bikes eram comuns, podiam ser usadas por tempo ilimitado e deixadas livremente pela cidade.

Como ele era gratuito e as bikes ficavam espalhadas, sem uma estação fixa na localidade, ocorreram diversos roubos. Então, esse primeiro sistema de bikes compartilhadas foi cancelado.

Assim, surgiu a segunda geração deste programa de bicicletas compartilhadas no ano de 1995, em Copenhague, Dinamarca. Diferentemente do outro sistema, este tinha bikes mais robustas e fixadas em paraciclos. Dessa forma, a liberação das bikes só ocorria após o depósito de moedas.

Depois, no ano de 1996, foi desenvolvida a terceira geração de bicicletas compartilhadas na Universidade de Portsmouth, na Inglaterra. Este sistema tinha como característica o cadastro do usuário (smart card) e a limitação do tempo.

Já a quarta geração de bikes compartilhadas, em 2009, em Montreal (Canadá), tinha como principal característica cartões integrados com outros modais de transporte, estações móveis, wi-fi e acompanhamento por aplicativos nos celulares.

As primeiras bicicletas compartilhadas no Brasil

Vimos a evolução delas pelo mundo, mas quando surgiram as bicicletas compartilhadas no Brasil? Elas estão presentes no Brasil desde 2008, começando na cidade do Rio de Janeiro.

As características destas bicicletas no país são equivalentes à quarta geração de bicis, com o acompanhamento por aplicativos nos celulares e a intermodalidade nos transportes.

Pessoa no autoadentimento de bicicleta.

Hoje, diversas capitais do Brasil já contam com aluguel de bicicleta, entre elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre e Recife. Com diversas estações espalhadas em pontos estratégicos, andar de bicicleta ficou muito mais prático e fácil.

Bike Itaú

As bikes Itaú são ideais para quem quer trazer mais praticidade para o dia a dia, porque é fácil caminhar até a estação mais próxima e utilizar uma das bikes. Apenas se lembre de verificar se há bicicletas disponíveis na estação escolhida.

Além disso, as bicicletas compartilhadas bike Itaú também contam com planos que cabem no seu bolso e na sua rotina. Para consultá-los, confira no nosso aplicativo ou, se preferir, nos autoatendimentos na estação de bicicletas.

Como funciona a bicicleta compartilhada?

Para iniciar sua pedalada em uma bicicleta compartilhada, é preciso escolher o plano desejado: viagens avulsas, plano semanal, mensal ou anual. Depois, é necessário verificar qual estação de bike está mais próxima de você e se há bicis disponíveis naquele ponto escolhido.

Para destravar a bicicleta e pedalar, é preciso desbloqueá-la com cartão, QR Code ou código. Após isso, fique de olho no tempo disponível para o uso da bicicleta, escolha a estação mais próxima do seu destino e, quando devolvê-la, verifique se ela está bem travada.

A bicicleta compartilhada é uma excelente opção tanto para quem está iniciando no universo das bikes quanto para as pessoas mais experientes. Aproveite e se desloque por toda a cidade, até seus compromissos, com mais praticidade.

Benefícios das bicicletas compartilhadas para a mobilidade

Já imaginou não precisar mais se preocupar com o trânsito? Com as bicicletas, você pode se livrar dos engarrafamentos de uma vez por todas, pedalando nas ruas ou em ciclovias e evitando as paradas no trânsito.

As bicicletas são uma excelente opção para promover a mobilidade urbana: evitam o trânsito excessivo nas cidades, pois não ocupam o mesmo espaço que um veículo motorizado. Além disso, elas são o principal meio de transporte sustentável, ajudando na diminuição da emissão de gases poluentes.

Veja mais sobre o universo das bikes!

Gostou de saber um pouco mais sobre as bicicletas compartilhadas? Então, não deixe de conferir outros conteúdos exclusivos sobre o universo das bicis. Com nossas dicas, sua pedalada vai ficar mais agradável e prática. Confira!