Sobre a tembici

Bicicleta elétrica precisa de habilitação?

Atualizado em 01 ago. 2022 Curiosidades Por: Redação Bike Itaú Leitura: 5 min.

Essa dúvida é muito comum quando o assunto são as regras para utilizar a bicicleta motorizada nas ruas. Afinal, a bicicleta elétrica precisa de habilitação? O que é necessário para ser um ciclista dentro da lei?

Fique conosco e descubra essa e outras informações a respeito da queridinha dos ciclistas que preferem pedalar menos e chegar ao destino com mais rapidez. Se você está começando a pedalar e está em busca de dicas para ciclistas iniciantes, continue a leitura.

Conheça as regras para o uso da bicicleta elétrica

Em primeiro lugar, para saber se a habilitação é necessária, é importante conhecer os critérios que os órgãos fiscalizadores levam em consideração para definir uma bicicleta elétrica.

Definição de bicicleta elétrica

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a bike elétrica tem potência nominal de, no máximo, 350 watts, e velocidade de até 25 km/h. E não para por aí! O veículo não pode ter acelerador, e o motor passa a funcionar apenas quando o condutor pedala.

Embora seja falsa a informação de que bicicleta elétrica precisa de habilitação, o ciclista precisa seguir algumas regras para pedalar esse tipo de bicicleta. A primeira delas é utilizar o capacete, além de garantir que a bike tenha todos os recursos exigidos por lei:

  • medidor de velocidade;
  • sinalização noturna dianteira, lateral e traseira;
  • campainha;
  • pneus conservados;
  • retrovisores nos dois lados.

Quando a habilitação é obrigatória?

A habilitação da categoria A é obrigatória para quem conduz veículos de duas rodas que tenham velocidade máxima de 50 km/h, potência de 351 watts até 4.000 watts e capacidade de autonomia para propulsão. Por isso, não é correto afirmar que a bicicleta elétrica precisa de habilitação.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) também é obrigatória para quem utiliza o ciclomotor ou possui a habilitação da categoria ACC, mais barata do que A. Para guiá-lo, é importante que o condutor tenha mais de 18 anos.

Dicas para começar a pedalar

Além das exigências legais, para começar a pedalar a e-bike, é fundamental que o ciclista tenha muito cuidado com o motor. Isso significa que, embora ele traga facilidade durante o trajeto, é inteligente poupar a bateria e pedalar em alguns momentos.

Saber como melhorar a autonomia da bicicleta motorizada é importante para ampliar a vida útil do veículo. Lubrificar a corrente e calibrar os pneus são outras atitudes simples, mas que ajudam a conservar o veículo por mais tempo.

Mulher andando em bicicleta elétrica.

Como pedalar uma bike elétrica com segurança

A sua segurança é outro aspecto que precisa ser levado em conta para ter uma boa experiência com a e-bike. Portanto, quando for utilizar uma das bicicletas compartilhadas da bike Itaú, esteja preparado para guiá-la da melhor forma.

Vamos compartilhar com você algumas dicas de como pedalar para iniciantes que serão muito valiosas quando estiver compartilhando a pista com outros veículos. Isso porque é importante ter a noção de que a bicicleta motorizada tem peculiaridades que precisam ser dominadas. Confira:

  • controle a velocidade. O ideal é não ultrapassar 15 km/h;
  • utilize os recursos da campainha e as luzes de sinalização;
  • freie com antecedência, já que a potência e a velocidade são maiores do que na bicicleta tradicional.

Tipos de bicicleta elétrica

Caso queira adquirir uma bike elétrica na loja, é importante saber que existem diversos tipos diferentes no mercado. Cada um apresenta benefícios próprios e atende a necessidades específicas. As bikes podem ser:

  • dobráveis;
  • MTB;
  • Speed,
  • urbanas.

As dobráveis possibilitam que você vá a qualquer lugar de bike elétrica sem ter que procurar um bom lugar para deixá-la. Basta dobrá-la e levá-la com você. Nada mais prático do que isso, não é mesmo?

Os outros tipos são adaptáveis às condições geográficas do local onde serão utilizados. Você pode fazer trilhas ao ar livre com a MTB, participar de competições de corrida com a Speed ou pedalar na cidade com a Urbana.

Ainda é possível escolher o modelo feminino ou masculino dentro dessas categorias e montar sua bike com peças mais simples ou mais sofisticadas. No mercado, você encontra materiais que vão atender perfeitamente o seu objetivo.

Saiba as vantagens das bicicletas elétricas

De acordo com a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), em 2020, os brasileiros compraram 32 mil bicicletas motorizadas, o que significou um aumento de aproximadamente 28% em relação ao ano anterior.

Esse dado mostra que os ciclistas, ao perceberem as vantagens da bike elétrica, estão buscando cada vez mais viver essa experiência. Para começar a elencar as vantagens, é interessante começar pela praticidade e a facilidade de pedalar.

A rapidez para chegar ao destino final de maneira sustentável é outro benefício que enche os olhos dos condutores. O melhor é poder ir até um ponto de aluguel da bike Itaú e pedalar pela cidade sem precisar se esforçar muito.

Conheça melhor o mundo das bikes

Agora que você não tem mais dúvida se a bicicleta elétrica precisa de habilitação ou não, se tornará um ciclista ainda melhor. Assim, poderá transitar pela cidade sem riscos de enfrentar problemas com a lei e a segurança de todos que trafegam pela cidade.

Continue acessando o blog da bike Itaú para saber mais informações sobre diversos tipos de bicicletas e como ser um ciclista consciente. Aqui, você encontra um conteúdo completo sobre o mundo das bicicletas.