Sobre a tembici

Bicicleta elétrica em SP: como ela pode fazer a diferença no dia a dia

Atualizado em 29 jun. 2022 Curiosidades Por: Redação Bike Itaú Leitura: 5 min.

Pedalar é uma das formas que os cidadãos encontram para ter mais bem-estar, saúde e facilidade no cotidiano. Cada cidade oferece espaços que tornam o pedal mais confortável e sistemas de compartilhamento que favorecem a mobilidade urbana. Agora, há mais uma novidade: a bicicleta elétrica em SP.

Andar de bicicleta em São Paulo passou de uma atividade de lazer para uma necessidade de transporte para muitas pessoas. Isso porque o tráfego de veículos motorizados é intenso na maior parte do tempo e, mesmo com a diversidade de modais, as bikes são mais práticas e rápidas.

A bicicleta elétrica, por sua vez, é ideal para garantir mais fluidez nas pedaladas. Com ela, todos os trajetos se tornam menos cansativos, então o ciclista pode poupar as energias para aproveitar o dia na cidade ao máximo.

Pedaladas menos cansativas

A bicicleta elétrica em SP é a solução para quem faz trajetos com subidas e descidas, cansando-se antes mesmo de chegar ao destino. Em terrenos íngremes, muitas vezes, é necessário colocar uma dose de esforço extra e, com o pedal assistido, isso é mais fácil.

Esse modelo de bike possui um motor que auxilia as pedaladas. Basta o ciclista movimentar o pedivela para acionar o motor, liberando energia elétrica. Assim, a combinação de energia elétrica e mecânica proporciona mais fluidez aos movimentos.

O cansaço também é reduzido devido ao menor tempo de espera nos trajetos. Enquanto os demais modais dependem de horários de liberação e do fluxo nas vias, a bicicleta elétrica permite que o ciclista faça uma rota alternativa. Isso ajuda na redução da exaustão física e mental, comum em quem fica preso nos congestionamentos.

Mais agilidade no dia a dia

Com os diversos modais de transporte, as pessoas podem escolher os caminhos mais rápidos, com menos baldeação e fluxo de passageiros. Por isso, é comum que pedalar em São Paulo seja uma alternativa para ter mais agilidade.

Imagine que você está saindo para trabalhar e aguarda um motorista de aplicativo. Além de você esperar a corrida ser aceita, os preços também podem oscilar. Nesse meio tempo, você pode se direcionar para outras formas de transporte ou uma estação de bicicletas compartilhadas, e a liberação acontece em poucos instantes.

Em meio às atividades corriqueiras, ser ágil para não se atrasar e manter a produtividade é um dos objetivos mais difíceis de alcançar. Porém, com a bicicleta elétrica em SP, tudo fica fácil, devido ao sistema que a disponibiliza em diversas regiões, com acesso por estações, ciclovias e avenidas principais.

Mais momentos de lazer e bem-estar

A bicicleta elétrica em São Paulo não precisa ser utilizada apenas para o trabalho e os compromissos diários. Ela é ideal para momentos de lazer aos finais de semana, como passeios ao redor da cidade, em parques, ciclovias e diversos locais que permitem o trânsito de bikes.

Para quem vai optar por esse tipo de transporte, a dica é passear por locais que liberem as vias exclusivamente para pedestres e ciclistas. O Minhocão, por exemplo, é uma parada obrigatória para quem quer conhecer a cidade sem se preocupar com as limitações do espaço.

Aos domingos e feriados, o local é repleto de pessoas patinando, caminhando e andando de bicicleta. Além de ser um ambiente amplo, ele oferece uma vista panorâmica da paisagem urbana de SP. Assim, é uma ótima opção para quem está turistando.

Outra sugestão é conhecer a cidade seguindo as ciclovias. Até mesmo quem mora em São Paulo não conhece todas as regiões, então é uma oportunidade de utilizar as bikes elétricas para percorrer maiores distâncias e gastar menos energia. Com elas, você pode se divertir em dobro, sem se cansar tanto.

Mulher com bike elétrica.

Por que pedalar com a bicicleta elétrica?

A bicicleta elétrica em SP, assim como o modelo tradicional, pode incrementar a qualidade de vida de quem a utiliza. Com poucos minutos de uso diário, a saúde é beneficiada pela atividade física que movimenta o corpo todo e, principalmente, tonifica os músculos da perna.

Além dos benefícios citados, de redução do cansaço e de agilidade, ela garante economia de tempo. O tempo em questão não é apenas o do trajeto, mas também o de espera por outros transportes e de liberação para a utilização.

A economia ainda se estende para o campo financeiro. Caso invista em uma bike elétrica, o custo é mais alto, mas a funcionalidade é maior. Se optar por um sistema de compartilhamento, como o bike Itaú, o valor cabe no seu bolso e possui maior flexibilidade.

O aluguel de bike elétrica por meio desse sistema pode ser feito ao contratar um dos planos, que se estendem por viagens individuais, de dois dias, um mês ou um ano. Uma viagem de 15 minutos, por exemplo, pode iniciar em R$ 2,50 dentro dos planos ou a partir de R$ 3,99 de forma avulsa.

Onde encontrar a bicicleta elétrica?

Ao acessar o aplicativo da bike Itaú, é necessário fazer um rápido cadastro. Em poucos instantes, você já pode selecionar o plano que atende suas necessidades pensando em valor, quantidade e tempo de viagem.

As laranjinhas elétricas possuem valores de utilização diferentes das tradicionais, pois são flexíveis. Para encontrá-las, o app identifica as estações com um raio. Isso significa que todos os locais com o símbolo têm bikes elétricas disponíveis. Vale lembrar que a quantidade disponível pode variar em cada ponto.

Bicicleta elétrica em SP é com bike Itaú!

Gostou de saber mais sobre como utilizar a bicicleta elétrica em SP? Então, aproveite a visita no blog para conferir os detalhes sobre esse modelo. Já se você se interessou e quer pedalar, conte com a bike Itaú para encontrar uma bici compartilhada!